A presença generalizada dos meios de comunicação social por toda sociedade contemporânea é hoje fonte fundamental para se entender o tecido social que vem sendo constituído. A presença da comunicação no interior das organizações também reflete perspectivas dessa comunicação social mais ampla e toma formas concretas que igualmente marcam o tecido relacional da cultura organizacional.

A disciplina busca aprofundar os componentes teóricos explicativos sobre comunicação identificando como o mundo simbólico que rege a construção de sentidos em comunicação é parte integrante da gestão de processos organizacionais de modo cada vez mais intenso e dentro de padrões de atualizações constantes.

Objetivos

  • Propiciar ao aluno uma visão crítica das posturas disponíveis no estudo do lugar social dos meios de comunicação na sociedade contemporânea
  • Propiciar ao aluno uma visão crítica de como o processo social mais amplo da comunicação se realiza no interior de empresas e organizações
  • Propiciar ao aluno instrumentos de análise crítica da interação contemporânea entre o processo comunicacional interno à empresa e o que se realiza na sociedade mais ampla.

Conteúdo Programático

  • A comunicação no contexto da sociedade moderna Teorias Fundadoras: A sociedade dos efeitos
  • O funcionalismo norte americano e sua influencia na comunicação organizacional
  • A vertente teórica da relação entre comunicação e poder – a ideologia
  • A perspectiva cultural – a organização, a identidade e a pluralidade cultural Comunicação e sociedade:
  • A manipulação coletiva dos meios As práticas culturais estruturantes
  • O espaço público e a gestão simbólica de processos organizacionais
  • As possibilidades do Espaço público mediático
  • As perspectivas da pós­-modernidade e a comunicação no contexto das organizações

Prof. Dr. Mauro Wilton de Sousa

Possui graduação em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1968), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1972) e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1986).

Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo e Diretor da Escola de Comunicações e Artes. Tem experiência na área de Teorias da Comunicação, com ênfase em Práticas de Comunicação, Recepção Midiática e Espaço Público, atuando principalmente nos seguintes temas: comunicação, recepção mediática, práticas culturais e espaço público.

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4783954Z8

Módulo I: Sociedade Contemporânea, Mídia e Processos Comunicacionais nas Organizações

ver todas disciplinas