Fundamentos teóricos dos três temas, seus pontos de tangência e diferenciação. Reflexão sobre os aspectos que conferem vantagens competitivas às organizações quando essas disciplinas são utilizadas sinergicamente. Mostrar os benefícios de se ter lastro reputacional em momentos de crise. Ações realizadas pelas empresas em defesa de suas reputações. Metodologias e ferramentas para o gerenciamento da reputação corporativa e o gerenciamento de crises. Etapas para a elaboração de um diagnóstico de reputação e de uma auditoria de vulnerabilidades. Elaboração de exercícios abordando os aspectos apresentados em sala de aula.

Objetivo

Promover a reflexão crítica dos profissionais de comunicação acerca do seu papel na compreensão e desenvolvimento de estratégias para a gestão da identidade e da reputação corporativa e sua proteção por meio de procedimentos preventivos de gestão de crises e de comunicação de riscos. Capacitar o aluno para atuar junto à alta administração, com o objetivos de mapear e ampliar as vantagens competitivas das organizações.

Conteúdo Programático

  • Importância da construção consciente e planejada da identidade corporativa.
  • Processos e procedimentos para a construção da identidade e da imagem corporativa.
  • Importância da Ética e da Governança na construção da reputação organizacional.
  • Processos e procedimentos para a construção da reputação.
  • Riscos iminentes na gestão da reputação.
  • A questão da gestão da reputação dentro das organizações ­ dificuldades e armadilhas.
  • Mensuração da reputação.
  • Como organizar o "gerenciamento das crises" dentro e fora da organização.
  • Como determinar as vulnerabilidades de uma empresa para conhecer os principais focos potenciais de crises.
  • Como planificar de forma preventiva as ações de segurança, emergência e comunicação.
  • O que, quando e como comunicar (Comunicação de Risco e Comunicação Institucional) durante uma crise.
  • Como fazer dos Programas Preventivos de Administração de Crises um instrumento de vantagem competitiva.
  • O papel dos profissionais de comunicação.

Profa Dra. Else Lemos Inácio Pereira

Doutora (2017) e mestre (2003) em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Graduada em Comunicação Social, habilitação em Relações Públicas, pela Universidade Federal de Goiás (1996), com especialização em Gestão Estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas (ECA-USP; 2001) e em Gestão da Comunicação Digital (ECA-USP; 2011).

Ampla experiência profissional em Comunicação Institucional/Corporativa, Educação e Produção Editorial. Docente nos cursos de especialização Gestcorp e Digicorp, ambos pela ECA-USP. Professora Adjunta na Faculdade Cásper Líbero (Técnicas de Redação em Relações Públicas I / II e orientação de trabalhos de conclusão de curso).

Anteriormente: Gerente de programas educacionais da Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial; 2013-2015). Coordenadora do MBA em Gestão da Comunicação Empresarial Aberje/Eseg (2013-2016). Responsável pela revisão e normalização da Organicom - Revista Brasileira de Comunicação Organizacional e Relações Públicas (2004-2008).

Diretora administrativa da Abrapcorp - Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas (Gestão 2008-2010). Seu trabalho tem como ênfase relações públicas como disciplina, carreira em relações públicas, comunicação digital e cultura promocional, e ensino de comunicação e relações públicas.

http://lattes.cnpq.br/2996340814216498

Módulo II: Administração da Comunicação Organizacional/ Corporativa/ Institucional

ver todas disciplinas